Uma equipa de cientistas australianos criou um rim do tamanho de um feto de cinco semanas a partir de células estaminais, informou hoje a imprensa local.

«É mais pequeno do que um rim de um adulto. Essencialmente trata-se de um pequeno rim em desenvolvimento», explicou a cientista Melissa Little, do Instituto de Biociências Moleculares da Universidade de Queensland, ao canal ABC.

Os cientistas utilizaram um molde para a criação do órgão e destacaram que ainda são necessárias várias décadas para que se possam produzir órgãos para transplantes.

A curto prazo, esta conquista será útil para os testes de novos medicamentos de combate a doenças que afetam os rins e no futuro para melhorar os tratamentos médicos.

Este estudo foi publicado na revista científica «Nature Cell Biology».