Qual a distância a que uma pessoa está de outra no mundo? A temática tem sido tratada em textos, filmes, peças de teatro, séries de televisão e, agora, num estudo do Facebook.

“Todas as pessoas são uma nova porta que se abre para outros mundos”, disse o dramaturgo da peça “Seis graus de separação”, que subiu aos palcos na década de 90.

O filme que juntou Will Smith, Stockard Channing, Donald Sutherland, em 1993, baseava-se na mesma teoria.

 

 

Não estamos, afinal, segundo o Facebook, a seis pessoas de distância. O mundo é pequeno, pequeníssimo, e, por isso, estamos, em média, a 3,47 pessoas de distância de outrem no planeta. A rede social vem deitar por terra a teoria dos seis graus de separação, pensada pelo escritor húngaro, Frigyes Karinthy, há quase 90 anos.

Ora, a rede social Facebook tem 1.59 biliões de utilizadores atualmente, pelo que esta distância tem sido significativamente encurtada nos últimos anos, já que um estudo da Universidade de Cornell, em 2011, concluia que existiam 721 milhões de pessoas ligadas pelo Facebook e esse número foi hoje largamente ultrapassado. 

 

Fonte Facebook

 

Como calcular essa “distância”?

Imagine que uma pessoa tem 100 amigos e que cada um desses amigos tem, cada um, 100 amigos também. Ora, o número de amigos dos amigos já vai perfazer 10.000. E os amigos dos amigos dos amigos vai ascender a um milhão. Claro que as contas não são tão simples assim, mas este é o princípio que está na base desta alteração da teoria dos seis graus. 

Se tem curiosidade em saber qual sua distância, veja aqui.