A polícia britânica pensa ter descoberto o responsável pelo ataque informático ao site da operadora de telecomunicações TalkTalk, que teve lugar na passada sexta-feira. Um rapaz de 15 anos foi detido, na Irlanda do Norte, sob suspeita de ter sido responsável pelo incidente.

A semana passada, um porta-voz da TalkTalk, que tem mais de 4 milhões de consumidores no Reino Unido, afirmou que o site da companhia tinha sofrido um ataque informático e que havia a suspeita que o autor tenha tido acesso aos dados pessoais dos clientes.

A TalkTalk disse ainda que, entre as informações expostas, estavam nomes, moradas, datas de nascimento, contactos telefónicos e de e-mail, números de cartão de crédito e detalhes sobre contas bancárias, assim como informações das contas no site.

A Polícia Metropolitana ficou responsável pela investigação do caso e, segundo a BBC, obteve um mandato de busca para vasculhar a casa do rapaz, que foi preso, na segunda-feira.

Contudo, as autoridades já vieram a público dizer, esta terça-feira, que o jovem foi libertado, sob pagamento de uma fiança, e vai aguardar julgamento em liberdade. A sessão em tribunal  está marcada para novembro.

Estima-se que o ataque tenha causado perdas à TalkTalk, em bolsa, no valor de 75 milhões de libras, o equivalente a 104 milhões de euros.