Foram apenas 11 minutos, mas os suficientes para alguém reparar que uma das contas de Donald Trump no Twitter tinha sido apagada, nesta quinta-feira. Tinha sido, porque já não foi.

Na outra conta oficial do presidente dos Estados Unidos não havia qualquer explicação para o sucedido, nem na da Casa Branca.

Teria sido o próprio a cancelar a @realDonaldTrump ou teria sido uma manobra de diversão... para alguém que não Trump?

A explicação surgiu pouco depois, pelo próprio Twitter, que depressa clarificou o incidente como "erro humano".

No entanto, horas depois, a empresa admitia que, segungo os primeiros indícios, o funcionário terá desativado a conta intencionalmente, no seu último dia de trabalho.

O Twitter anunciou, também, que continua a averiguar o que aconteceu para evitar que situações idênticas voltem a repetir-se.