A partir desta segunda-feira, o Facebook vai avisar os utilizadores que viram os dados recolhidos pela Cambrigde Analytica e vai disponibilizar uma nova funcionalidade, que permite que cada utilizador possa ver que aplicações usa e as informações partilhadas através delas.

Na última semana, após os vários escândalos que envolveram o Facbeook, a rede social disse que iria rever a política de privacidade e esta é a primeira medida tomada. Esta nova funcionalidade permitirá aos utilizadores, através de um link no feed de notícias, ver quais as aplicações que usa e as informações partilhadas através delas, tendo a possibilidade de as eliminar.

Em todo o mundo, o Facebook estima que 87 milhões de pessoas tenham visto os seus dados recolhidos na sequência do escândalo da Cambridge Analytica, que terá usado esses dados para influenciar as eleições americanas, sendo que mais de 70 milhões serão cidadãos norte-americanos e 2,7 milhões serão da União Europeia.

O Facebook está a estudar novas possíveis mudanças nos tempos que se avizinham, como retirar a possibilidade de procurar amigos através de números de telefone ou apagar automaticamente os registos dos históricos de chamadas e textos com mais de um ano.