Um erro num teste a uma ferramenta tornou público no Facebook alguns conteúdos privados ou que apenas algumas pessoas conseguiam ver.

A rede social está a dar o alerta a mais de 14 milhões de utilizadores desse erro que ocorreu entre 18 e 22 de maio, avança a CNN.

O Facebook rapidamente corrigiu o erro e voltou a tornar privado o que era privado, mas a partir desta quinta-feira vai avisar os utilizadores afetados e pedir-lhes que confirmem que tudo está correto.

Esta notícia surge numa altura em que o Facebook terminou a parceria com Huawei, empresa com a qual a rede social partilhava dados de utilizadores. Washington criticou essa parceria, considerando-a uma ameaça nacional e aparelhos Huawei foram mesmo banidos por agências governamentais e pelo exército norte-americano.

Recorde ainda que nos últimos meses o Facebook tem estado na mira das entidades governamentais por causa do escândalo com a Cambridge Analytica, o que levou Mark Zuckerberg a ter de prestar declarações no Senado norte-americano e ainda no Parlamento Europeu.