A encriptação do ‘router’ da Internet para proteção de ataques informáticos que violem a privacidade ou outros cuidados a ter para fazer compras online seguras, são algumas das recomendações da plataforma lançada esta quinta-feira “Net Viva e Segura”.

O router de tua casa é o teu meio para te ligares à Internet. Por isso, é imprescindível protegê-lo de ataques que possam pôr em perigo a tua privacidade”, lê-se na plataforma disponível, criada em conjunto pela Google e pela Deco Proteste, com o objetivo de promover uma maior segurança na Internet e sensibilizar para a importância de proteger a privacidade dos utilizadores na rede.

A plataforma contém recomendações de segurança, explicadas passo a passo, sobre a ligação à internet, através do ‘router’ (ou encaminhador, equipamento que permite a comunicação entre dispositivos de redes diferentes), os dispositivos, as contas, a privacidade ou compras na internet.

Na página é realçado que as crianças estão expostas a ameaças maiores, pelo que recomenda aos pais e tutores as precauções que tomariam “se estivessem na rua ou num centro comercial”.

Avisamos sempre as crianças para não irem com desconhecidos, damos-lhes a mão para atravessar a estrada e não as perdemos de vista se estiverem no parque. Por que não tomar as mesmas precauções quando navegam na internet?”, questiona.

Outros dos objetivos é promover o debate nas escolas e o esclarecimento dos alunos, através de conferências ‘NETtalks’, uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a refletir sobre a importância de adotar comportamentos mais seguros e em respeito pela privacidade dos dados pessoais, no acesso à Internet.

A primeira conferência decorreu esta manhã na Escola Secundária Camões, em Lisboa, com o objetivo da dar informação e dicas importantes para internautas sobre conexões seguras, dispositivos a salvo, privacidade na rede, transações e compras, aplicações e jogos.

Os alunos com idades entre os 16 e os 22 anos podem ainda participar num concurso, para elaborar um vídeo sobre o tema com o apoio dos professores, cujos vencedores serão anunciados em abril.