Um finlandês que perdeu parte do dedo num acidente de moto decidiu colocar um implante com uma pen drive incorporada. Segundo a agência «EFE», Jerry Jalava, programador, contou no seu blogue o que o levou a ter, literalmente, um dedo USB.

Tudo começou quando perdeu o dedo num acidente de moto. Jerry colidiu com um animal e deslizou na estrada durante quase 60 metros. Ao levantar-se, percebeu que tinha perdido parte do dedo. Ainda foi transportado para o hospital, mas os médicos não conseguiram salvar o dedo.

Quando pediu aos médicos uma prótese, estes sugeriram-lhe implantar uma pen drive no dedo de borracha, o que o programador aceitou.

A história só foi conhecida recentemente, quando o finlandês colocou um comentário num site dedicado a design e tecnologia, num artigo com uma fotomontagem que mostrava um dedo que tinha uma entrada USB na extremidade. A imagem pretendia ilustrar a integração entre o homem e a tecnologia.

Jerry, então, mandou uma mensagem, acompanhada por algumas fotografias. «Na realidade, já tenho um dedo-USB», disse.

No seu blog, explicou como funciona a prótese: «Trata-se de um implante desmontável, com uma pen drive de 2 GB. Quando tenho que usá-lo, simplesmente deixo meu dedo no computador» explicou.