A nave espacial não tripulada russa Progress, que descolou sexta-feira do Cazaquistão para reabastecer a Estação Espacial Internacional (EEI), conseguiu este domingo de manhã acoplar-se, conforme o planeado, após dois fracassos nos últimos meses.

"A nave espacial de carga Progress M-28M acoplou-se à parte russa da EEI às 10:11 de Moscovo", informou a agência espacial russa Roscosmos, em comunicado citado pela AFP.


A Progress M-28M carrega mais de 2,3 toneladas de oxigénio, combustível, alimentos e equipamento científico, bem como pacotes pessoais para os três astronautas presentes na EEI, os russos Gennady Padalka e Mikhail Kornienko e o americano Scott Kelly.