As mudanças de clima causadas pela atividade humana são uma realidade e já estão a afetar seriamente os Estados Unidos, conclui um relatório científico norte-americano apresentado nesta terça-feira pela Casa Branca.

As consequências são o aumento de fenómenos extremos, como chuvas torrenciais em regiões mais húmidas ou falta de água em zonas secas. O aumento da temperatura, com ondas de calor mais fortes e mais frequentes, a subida do nível do mar, que contribui para cheias mais frequentes e mais dramáticas, ou o aumento de grandes incêndios são outros dos fenómenos associados à mudança de clima, que tem como principal causador, diz o estudo, a maior concentração de gases com efeito de estufa.

«A mudança de clima, em tempos vista como uma questão para um futuro distante, mudou-se firmemente para o presente», conclui o relatório «Avaliação do Clima Nacional», elaborado por um painel científico alargado sob a égide do Governo norte-americano e que pretende ser o estudo mais exaustivo já realizado nos EUA sobre clima.

O presidente dos EUA, Barack Obama, vai assumir pessoalmente a divulgação deste relatório, pretendendo chamar a atenção para o problema e insistir na necessidade de introdução de medidas para o combater, como a limitação da emissão de gases.