Um jogador de Pokémon Go foi surpreendido pelo mais recente hit dos jogos de realidade aumentada quando, ao visitar a campa do irmão, se deparou com um Pikachu junto à lápide. 

Robin Reijers, de 21 anos, caminhava pela cidade de Edam, na Holanda, quando decidiu visitar a campa do irmão. À medida que se aproximava do local, o smartphone deu sinal de que havia um Pokémon por apanhar algures nas imediações. Ao chegar à campa, deparou-se com um Pikachu, o Pokémon preferido do irmão, que se encontrava sobreposto à lápide.

Segundo o Daily Mail, Michael Reijers, que morreu há 15 anos com um problema congénito no coração, era um grande fã dos Pokémon, especialmente do Pikachu, o seu favorito.

Nós sempre jogámos Pokémon juntos, quando éramos crianças, no Gameboy Color. Espero que ele esteja a ver-me jogar agora. Ele sempre foi melhor do que eu", afirmou Robin.

Quando Michael morreu, o pai mandou fazer uma lápide em forma de Pikachu e Robin foi surpreendido ao abrir a app do jogo e ver que havia um Pikachu sobreposto ao já existente na campa do irmão.

Penso que o Michael ia gostar de ver isto. Tenho a certeza que ele está lá em cima a rir disto tudo e a querer juntar-se à busca por mais Pokémon", afirmou Piet, o pai.

A captura de ecrã da sobreposição dos Pikachu circula já no Twitter mas ,por se encontrar em japonês, muitos são os que, segundo o Mirror, alegam que esta pode não ter sido feita pelo próprio jogador.