A sonda Curiosity captou imagens de um eclipse solar em Marte. Trata-se do momento em que a maior das luas do planeta vermelho, Phobos, durante a sua transição, se interpõe entre Marte e o Sol. Nunca este fenómeno tinha sido captado com tanta clareza.

O eclipse durou pouco mais de três segundos. Phobos ficou sobreposta sobre o Sol, formando um anel de luz. «O fenómeno aconteceu cerca do meio dia no lugar em que a Curiosity se encontrava», explica um investigador da Universidade A&M do Texas, Mark Lemmon.

O mesmo especialista sublinha que isto é «o mais parecido a um eclipse que se pode ver no planeta».