Os golfinhos drogam-se de propósito, com uma toxina de peixe. É o que revela um novo documentário da BBC, que usou câmaras escondidas em submersíveis para filmar a vida dos golfinhos.

A equipa da BBC queria comprovar semelhanças entre o comportamento dos golfinhos e o dos homens e conseguiu captar um grupo de golfinhos jovens a ficarem pedrados propositadamente com uma toxina de peixe. Em doses altas, esta toxina pode ser letal, mas quando ingerida com conta, peso e medida, atua como um narcótico.

Um zoólogo que acompanhou a equipa da BBC explica que, depois de ingerirem a toxina, os golfinhos começavam a agir de forma peculiar, nadando em círculos e mostrando-se fascinados com o próprio reflexo na água.