O penta campeão do mundo de parapente acrobático, Horacio Llorens, aventurou-se a voar sob uma aurora boreal, em Tromso, na Noruega. O desportista viajou, a convite da Red Bull, para enfrentar as baixas temperaturas, do Norte da Europa e aventurar-se nos céus do país.

Com o equipamento adequado, foi possível gravar o vídeo continuamente e o resultado é surpreendente.

O voo foi gravado à noite e por isso Llorens sentia-se reticente. Estar em terreno desconhecido e com pouca visibilidade tornou a acrobacia ainda mais difícil. 

"Desde pequeno tenho uma fixação por super-heróis que conseguem voar. Necessitava cruzar os céus. Quando estou no ar, sinto que estou onde devo estar", disse Lloren ao jornal espanhol, Marca.


A aurora boreal, ou luzes do Norte como também é chamada, é um fenómeno raro e difícil de prever. Esta é a primeira vez que alguém se aproxima tanto deste fenómeno através de um desporto radical. Llorens teve mesmo de pedir ao Governo norueguês para poder realizar a acrobacia.




Com temperaturas de 15 graus negativos, o atleta de desportos radicais teve de se equipar com fato e luvas aquecidas a bateria. Caso Llorens caísse na água que sobrevoava, o fato conseguia mantê-lo aquecido durante 20 minutos, até a equipa de resgate o conseguir alcançar, ao contrário dos três minutos de um fato de mergulho normal.

"Há milhares de anos, as pessoas olhavam para o céu e, ao ver as luzes do Norte, pensavam que era mágicas”, disse Lloren para o site da Red Bull.

Apesar de, no vídeo, o voo parecer tranquilo, o atleta teve de suportar uma velocidade de 60 quilómetros hora, produzida pelo aparelho, contra os ventos frios do norte.

Para Llorens, a parte mais difícil do projeto foi a espera, uma vez que é difícil prever quando a aurora boreal irá aparecer.

“Eu pedi-lhe para dançar várias vezes, e ela demorou a aparecer…mas quando apareceu, era linda”, retratou o atleta.


Este foi um sonho tornado realidade para Horacio Llorens, que partilhou na sua conta de Twitter a emoção. 

 

"Se podes sonhar, podes fazer", incute o atleta.