A rede social Facebook apresentou no domingo um pedido de desculpas devido ao mau funcionamento da aplicação 'safety check' (controlo de segurança), que enviou uma notificação a utilizadores em todo o mundo após os atentados no Paquistão.

Da Bélgica ao Havai, passando pelo Egipto ou Hong Kong, utilizadores do Facebook receberam uma notificação da aplicação, a qual permite que informem os seus amigos na rede social que se encontram em segurança após uma catástrofe natural ou um atentado ocorrido nas imediações do local onde estão.

“Ativámos o ‘safety check’ hoje em Lahore, no Paquistão, depois do atentado bombista. Infelizmente, inúmeras pessoas que não foram afetadas receberam uma notificação perguntando-lhes se estavam bem”, indicou o grupo num comunicado enviado à agência de notícias AFP.