O Homo Erectus usava palitos na sua higiene bucal, concluiu um estudo publicado esta terça-feira na revista Quaternary International, que apresenta as primeiras provas de marcas desses instrumentos encontradas em dentes de hominídeos do Pleistoceno Médio no leste da Ásia.

O Centro Nacional espanhol de Investigação sobre a Evolução Humana (CENIEH), que colaborou no estudo, indicou que os investigadores concluíram que as marcas corresponderiam à ação de remover restos de comida pelos hominídeos que viveram há entre um milhão e 120 mil anos.

Na investigação participou Laura Martín-Francés, do Grupo de Antropologia Dental do CENIEH, juntamente com uma equipa científica do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia (IVVP) de Pequim.