A página em branco da Google  com a caixa de pesquisa vai deixar de existir e dar lugar a um espaço para caixas e notícias personalizadas. Mais de 20 anos depois a Google vai mudar a home page. Assim, vai deixar de existir a caixa de pesquisa, bem como os dois botões: “pesquisa Google” e “Sinto-me com sorte”.

O feed personalizado já tem sido um dos principais aplicativos móveis do Google para Android e iOS desde 2012, juntamente com uma página inicial nos smartphones e tablets Nexus e Pixel da Google.

O novo feed vai exigir que os utilizadores tenham o login feito e apresentará várias colunas e caixas, que incluem notícias e atualizações de eventos, entre outras informações que também podem ser baseadas no Gmail e no calendário. Ou seja, vai cruzar informações dentro do sistema da Google.

A Google anunciou que estava a implementar uma maior personalização para o feed, que arrancou com a expansão da Inteligência Artificial no assistente pessoal Google Now, em dezembro do ano passado.

Esta mudança vai permitir que os utilizadores vejam notícias “como os destaques desportivos, as melhores novidades, os vídeos mais virais, as novas músicas, histórias para ler, entre outras coisas", afirmou Shashi Thakur, vice-presidente de engenharia da Google.

A atualização vai chegar primeiro aos Estados Unidos e mais tarde disponibilizado para o resto do Mundo.

Ainda não se sabe se a nova homepage vai incluir o assistente por voz, Google Assistant.

O Google já teve uma página inicial personalizada chamada iGoogle, desde maio de 2005 e a novembro de 2013. O iGoogle só foi exibido para aqueles que tinham feito login e que selecionassem usar o iGoogle em deterimento da folha em branco simples.