Alguns dizem que a pastorícia é uma profissão ameaçada outros dizem que a pastorícia tem futuro, os pastores é que não.
 
Os homens podem ser substituídos por drones? Mais do que uma pergunta, uma afirmação.
 
Relaxem, por enquanto, os profissionais da área, porque o sistema ainda carece de alguns ajustes.
 
Paul Brennan, um irlandês criador de ovelhas, decidiu testar o aparelho aéreo e pilotado à distância nos seus animais. O barulho faz com que os ovinos se desloquem de um lado para outro como se seguissem as ordens de um pastor ou de um cão.


 
Mas, ainda há inconvenientes: a pouca autonomia das baterias dos drones, o facto de não poder ser utilizado num dia de vento e porque a presença humana ainda é indispensável para comandar o aparelho, como explica o «Libération». No entanto, nada que a tecnologia de futuro não resolva. A ver vamos quando.