Jornalistas, bloggers e youtubers de todo o mundo encheram o multiúsos onde a Sony apresentou os jogos - muitos deles exclusivos - que serão lançados até 2016. A expectativa era alta.

Talvez um dos títulos mais aguardados - e foi anunciado há quase uma década - «The Last Guardian» recebeu uma enorme ovação por parte dos que estavam presentes. O jogo retrata a relação entre um rapaz e uma estranha criatura, que passam a depender um do outro.

Outro exclusivo PS4 é «Horizon: Zero Dawn». É daqueles jogos em que as imagens falam por si. Foi anunciado como um RPG de ação frenética, em que uma sociedade tribal coabita um estranho planeta com predadores mecânicos muito inspirados em dinossauros. Um jogo que demonstra bem as capacidades desta geração de consolas.

No meio de muitos outros exclusivos está um dos habituais «best sellers» da Playstation. «Uncharted 4: O fim de um ladrão» foi sucessivamente adiado, depois de muitos teasers, foi finalmente possível vê-lo a ser jogado.

Destaque ainda para «Dreams», dos estúdios da Media Molecule - os responsáveis por «LittleBigPlanet». É um simulador de sonhos, onde se podem construir, materializar e partilhar sonhos. O jogador vai poder criar os seus sonhos de raiz, ou utilizar elementos que tenham sido partilhados por outros jogadores e animá-los como se fossem marionetas.