Há jogos em que ao fim de poucos minutos nos apercebemos como tudo foi pensando ao pormenor – os gráficos, a história e até a banda sonora.

«Mad Max» é um exemplo de um destes jogos. Apresenta um nível de produção bem acima da média. E o que dizer de «Metal Gear Solid V: The Phantom Pain»? É uma obra-prima dos estúdios de Hideo Kojima. Dizem que é o canto do cisne deste ícone dos videojogos – será o último título da sua produtora.

«Dishonored 2» e «XCOM 2» são sequelas, mas impressionam pela qualidade que apresentam.

E por fim mas não menos importante, «Sid Meyer’s Civilization: Beyond Earth». O enredo deste jogo é merecedor de qualquer filme sobre o apocalipse. A humanidade vê-se obrigada a abandonar a terra, rumo às estrelas, à procura dos recursos necessários para a sobrevivência da espécie.