A Tabela Periódica tem quatro novos elementos, confirmou a União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC).

O Japão, a Rússia e os Estados Unidos são os responsáveis pela importante descoberta e vão agora escolher um símbolo e nome permanente para os novos elementos, que ocupam os lugares 113, 115, 117 e 118 da tabela.  

Apesar de o elemento 113 ter sido desvendado por uma equipa japonesa, os restantes elementos - 115,117 e 118 foram descobertos por equipas russas e norte-americanas que trabalharam em conjunto.

Estes elementos são os primeiros a ser incluídos na Tabela Periódica desde 2011, quando os elementos 114 e 116 foram adicionados. Com esta descoberta, a sétima fila da tabela fica completa.

A descoberta dos quatro elementos foi oficialmente verificada a 30 de dezembro pela IUPAC.

“A comunidade química está contente por ver a sua mais querida tabela completa até à sétima fila. A IUPAC iniciou o processo de formalização dos nomes e símbolos para estes elementos, temporariamente chamados de unitrium, (Uut ou elemento 113), ununpentium (Uup ou elemento 115), ununseptium (Uus ou elemento 117) e ununoctium (Uuo ou elemento 118)”, afirmou o professor Jan Reedijk, presidente da divisão de química inorgânica da IUPAC, citado no site da instituição.

Os nomes sugeridos pelas equipas serão agora avaliados pela divisão de química inorgânica e devem respeitar fatores como a tradutibilidade, consistência e valor histórico.