Depois de somar utilizadores nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e outros países da Europa, o jogo Pokémon Go chegou oficialmente aos smartphones dos japoneses. A revelação vem duas semanas depois da enorme subida dos lucros da empresa parcialmente detentora da aplicação, a Nitendo, considerada um fenómeno nos mercados financeiros.

Para os japoneses, esta notícia já vem tarde. A espera dos fãs de Pokémon pela aplicação não foi fácil, num país que ocupa o segundo lugar na tabela dos mais lucrativos no mercado das aplicações para smartphone. Os japoneses tiveram de ver países como o Luxemburgo e Malta a ter primazia na aquisição do jogo de realidade virtual.  

As empresas responsáveis pelo Pokémon Go tentaram acalmar a espera dos fãs, dando-lhes alguns “presentes”, como uma canção escrita por um dos criadores dos Pokemóns, pedindo paciência ao público ansioso. A chegada do jogo ao Japão coincide com o início das férias de verão dos estudantes, dando-lhes mais oportunidades de se dedicarem à novidade do momento.

Todo a gente esteve à espera disto”, afirmou Hideki Yasuda, um analista do Instituto de Investigação Ace, à Bloomberg, acrescentando: “Não há dúvida que será também famoso no Japão”.