A NASA divulgou mais uma imagem de Plutão captada pela sonda espacial New Horizons. Desta vez, as fotografias mostram a superfície montanhosa do planeta durante o crepúsculo.

As fotos foram tiradas minutos depois do sol se pôr. É possível ver ainda alguns raios de solares que iluminam as montanhas de gelo com 3.000 metros de altura.



As imagens foram captadas a 18.000 quilómetros de Plutão, quando a nave espacial se aproximava da superfície do planeta anão, a 14 de juilho. Esta é apenas mais uma das muitas fotografias recolhidas pela sonda espacial. New Horizons captou tanta informação, que vão ser precisos pelo menos 18 meses para que todo o material chegue à Terra.

Os cientistas da Nasa afirmaram que estas novas imagens revelam novos pormenores da superfície do planeta.

“Plutão está a mostrar-nos uma variedade de planícies e uma complexidade de processos que rivalizam com qualquer coisa que tenhamos visto no sistema solar”, disse Alan Stern, o investigador principal da missão. “Se um pintor esboçasse Plutão antes da nossa passagem provavelmente pareceria exagerado – mas isso é o que está realmente lá”.


Novas características foram reveladas esta semana pelos investigadores: há a possibilidade de existirem dunas no planeta e fluxos de nitrogénio gelado que saem de montanhas.

Segundo os especialistas, a dimensão das montanhas encontradas e a complexidade da sua superfície fazem lembrar o satélite natural de Júpiter, Europa.

“As montanhas podem ser grandes blocos de gelo, constituídos por água, que flutuam com sobre um vasto e denso depósito de nitrogénio gelado”, afirmou Moffett Field, da NASA.


Os cientistas dizem ainda que estas imagens podem ajudar a traçar a história geológica do planeta, uma vez que, se for confirmada a presença de dunas, pode significar que a atmosfera em Plutão já foi menos densa.

“Este crepúsculo captado é um bónus, uma prenda magnífica de Plutão nos deu. Agora podemos geologia num terreno que nunca esperámos ver”.


O planeta anão foi o primeiro a ser visitado por uma missão a partir da Terra. A sonda New Horizons vai continuar a aventura espacial, explorando outros objetos espacial no cinturão de Kuiper.