O amor real pode não ter preço, mas o amor virtual pode ser comprado e deverá custar cerca de 25 dólares (21 euros) por mês. Este é o preço da aplicação que lhe permite ter um namorado ou namorada virtual capaz de lhe mandar mensagens escritas e de voz.

Chama-se «Invisible Boyfriend» (Namorado Invisível) ou «Invisible Girlfriend» (Namorada Invísivel), conforme o pretendido, e faz com  que os seus utilizadores possam fingir que estão numa relação.

O utilizador pode criar um parceiro virtual à sua medida: escolher o nome, a idade, a imagem e que tipo de história quer que o software invente sobre o início da relação.

«Dá-te provas reais de que estás numa relação – mesmo que não estejas – para que possas viver nos teus próprios termos», diz o site da aplicação.




A ideia terá começado como uma brincadeira, em 2009, quando o co-fundador Matthew Homann comprou os domínios há nove anos atrás. Em 2009, Homann e Kyle Tabor ganharam um concurso de projetos start-up e a partir daí começaram a trabalhar num sistema de computador que permitisse gerar sensações humanas.

Não é claro, no entanto, como é que a aplicação funciona realmente e qual o controlo humano sobre as mensagens vendidas aos clientes.

Certo é que o namorado ou namorada invisível terá um custo que deverá rondar os 25 dólares (21 euros), num pacote que inclui 100 mensagens de texto, 10 mensagens de voz e uma nota romântica escrita à mão.

A ferramenta foi lançada recentemente nos Estados Unidose  já está a dar que falar, apesar de ainda estar em fase de testes.