A China lançou hoje com êxito a missão espacial tripulada Shenzhou-11, com dois astronautas a bordo, que deverão passar mais de um mês no espaço, no laboratório Tiangong-2.

O foguetão "Longa Marcha 2F" foi lançado sem problemas às 07:30 locais (00:30 em Lisboa), a partir do centro de Jiuquan, na província de Gansu, no deserto de Gobi, segundo os responsáveis pela missão.

Uma câmara colocada dentro da cápsula permitiu ver os dois astronautas, Jing Haipeng e Chen Dong, durante todo o lançamento e chegada à órbitra terrestre.

Esta é a sexta missão da China com astronautas e será, também, a mais longa.

A "Shenzhou-11" tem por missão verificar o funcionamento do laboratório Tiangong-2 e iniciar os preparativos para a futura estação espacial chinesa, em funcionamento até 2022.