Todos os dias a NASA destaca uma imagem alusiva ao espaço - a Astronomy Picture of the Day – na sua página da Internet. E, na sexta-feira, foi a fotografia de um português, Miguel Claro, que se mostrou surpreendido por ter, pela segunda vez, estas honras de primeira página.

“Inacreditavelmente, a NASA voltou a destacar ontem, dia 15 de abril, como Astronomy Picture of the Day no site APOD, uma foto que captei no passado dia 8 de abril, acima da Capital Lisboeta”, afirma o fotógrafo português Miguel Claro.

Nada como a explicação do próprio sobre aquilo que podemos contemplar: "É possível ver a Lua Crescente no Perigeu (ponto mais próximo da Terra) permitindo assim tornar visível um forte Earthshine, alinhado a 6º de distância do planeta Mercúrio, numa das raras aparições que faz ao longo do ano, por se encontrar muito próximo do Sol”.

A imagem foi captada a partir do Barreiro com uma teleobjetiva e, segundo o autor, a cerca de 8,5 quilóemtros de distância de Almada, em linha reta.

“Permitiu registar num cenário idílico ao crepúsculo naútico, a magia dos dois astros bem visíveis acima do Cristo-Rei e da Ponte 25 de Abril e da capital lisboeta”.
 

Não é a primeira vez que o trabalho de Miguel Claro está em destaque na NASA. A outra imagem que correu mundo foi o "Arco-Íris de Airglow" dos Açores, no Pico. É esta imagem:

(Miguel Claro)