Hackers voltam a atacar sites portugueses

Lulzsec Portugal difundiram tudo pelo twitter

Por: tvi24 / FC    |   2 de Dezembro de 2011 às 13:56
Vários sites de serviços do Estado foram alvo de um ataque informático. A página do Banco de Portugal e do Parlamento, por exemplo, deixaram de estar acessíveis durante horas.

O ataque dos piratas informáticos, que dão pelo nome de Lulzsec Portugal, foi sendo descrito a par e passo no twitter. Os vários alvos deste grupo incluíram ainda a página do ministério da Economia. Também o portal das Finanças e o serviço de informações de segurança ficaram temporariamente inactivos.

As medidas de austeridade impostas pelo Governo e também a acção da polícia na última manifestação de 24 de Novembro justificaram o ataque informático.

O grupo considerou a operação um sucesso, pode ler-se no twitter. Lá fora, a pirataria contra sites do Governo foi notícia numa televisão iraniana.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Computador
Computador

COMENTÁRIOS

PUB
Passos quer que comentadores peçam desculpas aos portugueses

Primeiro-ministro diz que ao contrário do que dizem «os que informam todos os dias» a despesa pública «desceu e continua a descer». Passos Coelho acusa mesmo jornalistas e comentadores de serem «patéticos e preguiçosos». «Chega a ser patético verificar a dificuldade que gente que se diz independente tem em assumir que errou, que foi preguiçosa, que não leu, que não comparou»