O módulo chinês de exploração do solo lunar «Coelho de Jade» foi oficialmente declarado inoperacional, esta quarta-feira, anunciaram as agências estatais da China.

O veículo teleguiado de exploração lunar «não pôde ser reparado para cumprir a sua missão», após ter sido detetada uma avaria mecânica no mês passado, indicou a agência China News Service num breve comunicado.

O «Coelho de jade» (Yutu em chinês) começou a deslocar-se na superfície da lua em 15 de dezembro, algumas horas após a alunagem da sonda espacial Chang`e-3.