Um dos primeiros computadores da marca Apple foi vendido em Nova Iorque, quarta-feira, por 712 930 euros, tornando-se a relíquia informática mais cara do mundo, segundo a casa de leilões londrina Bonhams.

O computador Apple-1, construído à mão em 1976 por Steve Wozniak na casa do cofundador da Apple, Steve Jobs, foi comprado pelo Museu Henry Ford, atingindo quase o dobro do valor estimado na pré-venda, anunciou a Bonhams.

«Estamos maravilhados por batermos o recorde mundial na sua venda e ainda mais maravilhados que vá para uma maravilhosa nova casa como o Museu Henry Ford», disse Cassandra Hatton, especialista encarregada da venda, acrescentando que o computador está em excelentes condições.