O coronavírus, que causa uma doença respiratória semelhante à Síndrome Respiratória Aguda Grave, ainda não tem capacidade de desencadear uma pandemia, mas é necessário mantê-lo sob vigilância no caso de mutação, refere um estudo da revista Lancet, escreve A lUSA.

O estudo foi feito por investigadores do Instituo Pasteur de Paris, que analisaram 55 casos de coronavírus, registados em países do Médio Oriente.

Os investigadores verificaram, durante a investigação, que é muito difícil o vírus espalhar-se entre os humanos.