A empresa chinesa de comércio eletrónico Jingdong começou a testar o envio de drones em serviços de entregas destinados às zonas rurais da China, onde vivem 650 milhões de pessoas, informou esta sexta-feira a agência oficial Xinhua.

A possibilidade de utilizar drones, também já equacionada pelo gigante norte-americano do setor Amazon, tinha sido avançada no ano passado pelo presidente da Jingdong, Liu Qiandong, referindo-se à dificuldade em aceder a algumas áreas no interior do país.

Inicialmente, os drones levarão os pedidos a estações de distribuição da companhia, que emprega nas zonas rurais cerca de 150.000 funcionários, detalha a Xinhua.