A Agência Aeroespacial nipónica (JAXA) planeia enviar em 2022 uma sonda às duas luas de Marte com o objetivo de recolher as primeiras amostras destes satélites que permitam investigar o planeta vermelho, revelou hoje a imprensa japonesa.

Este programa espacial tem luz verde do Executivo desde esta quarta-feira e o seu sucesso resultaria na primeira missão que atingiria os dois satélites naturais de Marte, Fobos e Deimos, cuja órbita é muito próxima do planeta.

Os detalhes técnicos da sonda e o método de lançamento ainda não foram determinados, mas serão baseados no atual programa Hayabusa da JAXA, o primeiro programa que conseguiu trazer para Terra amostras de um asteroide, salienta o diário Nikkei.