Mais de 80 por cento dos adolescentes manda mensagens eróticas. Uma investigação realizada pelo Reino Unido e Austrália com jovens entre 15 e 18 anos concluiu que 84 por cento o fazem.

Curioso é que cerca de 20 por cento de todos os participantes na investigação realizada pelo governo australiano, também afirmaram já terem enviado mensagens de texto pornográficas ou imagens explícitas para a pessoa errada. Pior mesmo, é que, em 20 por cento desses casos, o envio acidental foi para a mãe da namorada, a «sogra».

«Fui enviar uma mensagem para um amigo a falar sobre uma mulher com quem dormi na noite anterior e não tinha gostado. Mas enviei o texto para a minha namorada», como cita a «Exame».

Daqueles 80 por cento, metade disse enviou fotos nu ou seminu e vídeos pornográficos próprios para outras pessoas.

O estudo concluiu também que os utilizadores de iPhone são os mais propícios a enviar mensagens de texto com conteúdos eróticos. Estatisticamente, um terço dos proprietários do aparelho da Apple admitiram enviar mensagens obscenas contra 21 por cento dos donos de BlackBerry e 17 por cento dos que usam Samsung.

De realçar ainda que 12 por cento donos de iPhone também disseram ter acabado um relacionamento por meio de mensagens de texto.