A Apple advertiu os utilizadores da iCloud contra as tentativas de roubo de passwords através do uso de sites falsos por hackers.

Este método de ataque - conhecido como phishing – engana utilizadores que não tenham sido avisados e convence-os a fornecer o nome de utilizador e a respetiva password, mas, como a Apple faz questão de salientar, não envolve quaisquer violações dos servidores da empresa.

O conselho surge dias depois do relato de uns hackers terem realizado ataques de phishing, no dia em que o iPhone 6 foi colocado à venda na China.

«Os ataques de rede organizados através de certificados inseguros para obter informações do utilizador são do conhecimento geral», disse a Apple, acrescentando que leva os ataques «muito a sério.»

A empresa aconselha os utilizadores que ao fazer login no iCloud, através do site do serviço, devem verificar a sua autenticidade através do certificado digital - acessível através do ícone de cadeado verde que aparece na URL quando se utiliza os navegadores Firefox, Chrome ou Safari.

Acredita-se que os ataques de phishing foram utilizados nos hackings às estrelas de Hollywood, incluindo Jennifer Lawrence e Kate Upton, que viram as suas contas violadas e as fotografias privadas partilhadas na internet.

Após estes ataques a Apple deixou claro que acredita que próprios utilizadores estão em falta, quanto à prática de segurança, por escolherem passwords fracas, mas os críticos do mundo da tecnologia dizem que a empresa deveria fazer mais para educar os utilizadores.