A China é o principal mercado de iPhones do mundo. Foi a primeira vez este país superou os Estados Unidos, de acordo com dados publicados pelo diário oficial «China Daily». 

35% dos 69,3 milhões de smartphones foram vendidos na China, entre outubro e dezembro. Já nos EUA a percentagem foi de 24, segundo o relatório da empresa de bancos e investimentos UBS.

A Apple começou a comercializar, na China, o iPhone 6 e iPhone 6 plus em outubro. Em Setembro comercializou nos Estados Unidos, Alemanha, Austrália, Canadá, França, Hong Kong, Japão, Reino Unido e Singapura. 

Tim Cook, chefe-executivo da Apple, já adiantou que era «apenas uma questão de tempo» para que a China se transformasse no maior mercado do mundo. Relembrando que «é neste país que se produzem uma parte dos produtos Apple».