A Universidade de Washington criou um programa de computador que permite pegar numa fotografia de uma criança de três anos, por exemplo, e perceber como vai ficar aos 80, como explicou a cientista Ira Kemelmacher-Shlizerman à NBC. Uma viagem de décadas em apenas 30 segundos.

O teste foi feito em 82 casos e todos eles corresponderam à realidade. A investigadora adverte, no entanto, que nem todos os casos podem dar este resultado e o estilo de vida pode provocar alterações, como o tabaco ou o álcool.

Mais do que a curiosidade em saber como vamos envelhecer, Ira Kemelmacher-Shlizerman, realça que o programa de computador pode ser muito importante para as cirurgias plásticas e, principalmente em operações de reconstrução do rosto, para que as pessoas fiquem sempre com a sua aparência «natural».