O planeta Mercúrio encolheu cerca de sete quilómetros, desde a solidificação da sua crosta há mais de quatro biliões de anos, segundo uma investigação da NASA.

O mais pequeno planeta do Sistema Solar, e o mais próximo do Sol, diminuiu devido ao arrefecimento ao longo do tempo.

Os cientistas repararam pela primeira vez no fenómeno quando a sonda «Mariner 10» passou próxima ao planeta nos anos 70, mas imagens recentes do satélite da NASA «Messenger» permitiram aperfeiçoar as estimativas acerca da contração do planeta.

Desde que o «Messenger» entrou na órbita de Mercúrio, em 2011, já fotografou 100% do planeta.

A Europa e o Japão planeiam lançar uma missão conjunta a Mercúrio para acompanhar as observações feitas pelo «Messenger». A sonda «Bepi Colombo» deve ser lançada em 2016.