Os habitantes dos EUA passam em média cerca de duas horas por dia no telemóvel, das quais apenas 23 minutos a falar, segundo um estudo publicado esta terça-feira no país.

Dedicam ainda 20 minutos a enviar mensagens de texto, 18 minutos nos correios eletrónicos, 16 minutos em sítios da internet e 11 minutos nas redes sociais.

«É impressionante ver como os consumidores utilizam o seu smartphone como plataforma de dados e informações, colocando de lado o objetivo original do aparelho», considerou Shawn DuBravac, economista na Associação de Eletrónica de Consumo (CEA, na sigla em inglês), que encomendou o estudo.

Três quartos das pessoas interrogadas disseram que utilizam uma aplicação para conhecer a meteorologia, que é uma das mais utilizadas.

O estudo revela ainda que 53% dos utilizadores servem-se do aparelho para fazer compras em linha, 66% dos compradores em linha têm um smartphone e 45% dos consumidores em geral preveem comprar um nos próximos 12 meses.

«Podemos esperar os primeiros sinais de saturação do mercado nos próximos anos», previu Kevin Tillmann, analista da CEA.

Mas, acrescentou, «as perspetivas de curto prazo para as compras e melhorias destes aparelhos permanecem positivas e o mercado dos smartphones vai continuar a aumentar com novos consumidores em 2014».

O inquérito foi realizado junto de um pouco mais de mil adultos norte-americanos, de maio a agosto de 2013. A CEA adiantou que não pode estabelecer nenhuma margem de erro, porque o estudo assenta em respostas de pessoas voluntárias.