A Organização Não Governamental (ONG) Global Voices lançou um projeto na internet chamado «Hatebase» que pretende identificar os discursos que incitam ao ódio e violência em todo o mundo e assim prevenir a sua evolução para genocídios.

«A Hatebase é uma rede colaborativa sobre discurso de ódio, criada em torno da ideia da identificação e prevenção. Através da rede, as pessoas podem enviar relatórios sobre discursos de ódio, indicando o lugar do mundo onde o caso aconteceu e os termos que foram usados», disse o fundador da iniciativa, Timothy Quinn, numa entrevista citada pelo site que alberga o projeto.

«A chave para entender a Hatebase é olhar para ela como uma camada de dados, como um tráfego sobre o mapa de uma cidade», acrescentou, explicando que a rede foi construída para que as agências governamentais e as ONG possam identificar os discursos de ódio como um indicador da provável violência regional que deverá acontecer de seguida.