O elixir clorexidina pode substituir a escova de dentes na higiene dentária. Se está de férias e se esqueceu da escova de dentes, esta notícia pode ser para si. Um especialista defende que não é preciso escovar os dentes. Mas, espere, esta rosa tem espinhos e é melhor falar baixinho para as crianças não ouvirem.

Um estudo levado a cabo há uns anos conclui que não é preciso usar escova de dentes para conseguir uma higiene dentária e afastar as bactérias. A investigação comparou um grupo que usava escova de dentes com outros que usava clorexidina duas vezes por dia. O estudo durou dois anos, numa pesquisa realizada pelo médico Paul Warren.

A clorexidina, embora descoberta há muitos anos, pode ser adquirida na farmácia mediante receita médica, mas, os investigadores ainda não conseguiram ultrapassar o maior obstáculo: as manchas que provoca nos dentes e que afasta a sua venda em massa.

Mas, desengane-se se pensa que, uma vez ultrapassada a questão das manchas, que as escovas de dentes têm os dias contados. À revista «Veja», Paul Warren afirmou que «os resultados mostraram que mesmo controlando as placas com um elixir, as pessoas ainda gostam de escovar os dentes. A impressão é que as pessoas precisam de sentir o esforço ao escovar os dentes para se sentirem aliviadas». Numa outra pesquisa, os inquiridos elegeram a escova de dentes como a segunda em cinco coisas que levavam para uma ilha deserta.

No futuro, as duas opções de higiene dentária podem completar-se, até porque, explica Warren, «como dentista, fiquei feliz por termos conseguido controlar a formação de bactérias apenas com um elixir, porque a maioria das pessoas passa apenas 46 segundos a escovar os dentes. Todos os nossos estudos mostraram que o tempo médio de escovação é inferior a 50 segundos», ou seja, fique a saber que se «gasta menos que dois minutos a escovar os dentes, não está a fazer uma higienização adequada».