Tara Taylor, do Tennessee, nos EUA, colocou uma fotografia da filha de três anos no Facebook e dois amigos aperceberam-se que algo estava errado com um dos olhos da menina.

Os internautas repararam que o olho esquerdo de Rylee brilhava de uma forma que não era suposto.

«Olá, tenho a certeza que não é nada. É possivelmente da luz, mas o olho da sua filha está a brilhar e você deve verificar. Poderá ser um sinal de que existe um problema no olho da menina», contou Tara Taylor ao «Memphis News», sobre a mensagem que recebeu no Facebook.

A mãe levou a filha ao oftalmologista e o médico diagnosticou-lhe doença de Coats. Rylee sofre de uma enfermidade rara que pode provocar cegueira, mas que pode ser combatida caso seja diagnosticada a tempo.

Os amigos que repararam na luz estranha refletida pelo olho de Rylee poderão ter ajudado a salvar a visão da criança de três anos.