Os jovens estão a abandonar o Facebook, optando por outras redes sociais e meios de comunicação para se ligarem aos amigos.

Um estudo da consultora iStrategy, citado pelo «The Huffington Post», refere que, entre janeiro 2011 e janeiro de 2014, o Facebook perdeu, nos EUA, 3,3 milhões de jovens com idades entre os 13 e os 17 anos. Agora são só 9,8 milhões, o que dá uma queda de 25,3%.

A faixa etária de utilizadores seguinte (18-24 anos) perdeu 3,4 milhões de jovens (-7,5%). Somados à perda da faixa anterior, o total dá um número expressivo: 6,7 milhões de jovens que deixaram o Facebook.

Em sentido inverso, no período em análise, o número de utilizadores com mais de 55 anos aumentou 80,4%, para 28 milhões de pessoas.

Mas o grupo que mais utiliza a rede social de Mark Zuckerberg tem entre 35 e 54 anos, totalizando 56 milhões de pessoas. O número representa um crescimento de 41,4% em três anos.

No que diz respeito a interesses, nos últimos três anos, os utilizadores do Facebook aumentaram o interesse pelo «sexo» (230,4%), para cinco milhões. Pelo contrário, os utilizadores perderam interesse por temas relacionados com «drogas» (-71,8%), para 100 mil pessoas.

A música, sobretudo o Rock & Roll, é o tema que capta mais utilizadores (114 milhões), em três anos.

No total, o Facebook tem mais de 180 milhões de utilizadores nos EUA e mais de mil milhões em todo o mundo.