O Museu da Ciência da Universidade de Coimbra foi eleito, por um site de classificações e rankings de universidades e cursos, como um dos 30 melhores museus universitários do mundo, divulgou esta quinta-feira aquela instituição.

O site The Best Colleges sublinhou as coleções dos departamentos de Botânica, Física, Antropologia, Zoologia e Mineralogia, presentes no museu, assim como o facto de o espaço pertencer a uma das «mais antigas universidades do mundo».

Paulo Gama Mota, diretor da instituição, disse à agência Lusa que algumas das coleções do Museu da Ciência «são património raro» e «têm um enorme valor», destacando as coleções de Física, Etnografia e História Natural dos séculos XVIII e XIX .

Além da importância das coleções, Paulo Gama Mota considerou que a forte e marcada presença do museu na sociedade, através de «um projeto com uma atividade pública muito grande» e o processo de agregação dos espaços museológicos numa única estrutura - o Museu da Ciência -, foram fatores «importantes para esta nomeação».

«Estamos muito satisfeitos com a nomeação», assim como pela «boa companhia» de museus «reconhecidamente emblemáticos, do ponto de vista da História da ciência universitária», salientou.

O Museu da Ciência é o único museu português presente, numa lista que conta com o Museu de História Natural de Harvard, nos Estados Unidos, o Museu Hecht, em Israel, o Museu do Design, na Suíça, ou o Museu Galileu, em Itália.

A instituição surge citada no 10.º lugar da lista do site The Best Colleges.

A lista está disponível em www.bestcollegesonline.org/30-of-the-most-amazing-university-museums.