Investigadores das universidades de Coimbra (UC) e de Sheffield, no Reino Unido, desenvolveram um estudo que contribui para o futuro desenvolvimento de janelas que transformam luz solar em energia elétrica, anunciou esta segunda-feira a UC.

As projetadas janelas – designadas pela comunidade científica como «células fotovoltaicas de terceira geração» –, que poderão produzir eletricidade, em vez de painéis fotovoltaicos, são «mais eficientes e de custo reduzido em comparação com os atuais sistemas», afirma a instituição portuguesa, numa nota hoje divulgada.

«Pela primeira vez», uma equipa de investigadores, coordenada por Carlos Serpa e Hugh Burrows, «avaliou o potencial de alguns compostos de platina (platina ligada a um conjunto de moléculas orgânicas) para aplicações na transformação de energia solar em eletricidade», como cita a Lusa.