O problema afetou utilizadores dos EUA, do México e Brasil e fez com que muitos recorressem ao Twitter para expressar a sua frustração com o serviço, refere a AFP.

 

A Netflix escreveu uma publicação na página do Twitter, onde afirmou ter conhecimento da situação e que estava a fazer tudo “para resolver o problema”.

 

“O nosso hamster parece ter caído da roda. Os nossos nerds estão a trabalhar para voltar a pô-lo a correr”.

O sistema voltou ao normal uma hora depois.

 

O Netflix é o maior serviço de streaming de vídeos online. Está presente em 60 países e tem 69.17 milhões de subscritores.