Uma lista divulgada pela empresa de software antivírus McAffe colocou Lily Collins no topo das celebridades mais «perigosas» da Internet. Ao colocar o nome da atriz num motor de busca, há 14,5% de hipóteses de entrar num site malicioso.

A atriz de «Instrumentos Mortais: A Cidade dos Ossos» e «Espelho meu, espelho meu, há alguém mais gira do que eu?», destronou Emma Watson como a «celebridade mais arriscada da web», que em 2012 arrecadou o primeiro lugar.

Logo a seguir a Lily Collins, no segundo lugar ficou a cantora Avril Lavigne: as pesquisas pelo nome da cantora conduzem em 12,7% dos casos a sites com conteúdos maliciosos.

Outras celebridades com que deve ter especial precaução nas pesquisas online são Sandra Bullock, Kathy Griffin e Zoe Saldana, que completam o top 5 de celebridades «de risco».

Jon Hamm, protagonista da série Mad Men, é o único homem a estar presente no top 10 de pesquisas arriscadas, mais concretamente em oitavo.

A McAffee afirma ainda que os riscos para os internautas aumentam de forma exponencial quando são pesquisadas expressões como «free apps» (em português, aplicações grátis) ou «nude photos» (cuja tradução literal é «fotos nu»).