E se um vídeo de realidade virtual, em 360 graus, o colocasse dentro de um incêndio? Consegue imaginar o que acontece à sua volta? Ou qual a sua melhor opção para sobreviver? O drama dos incêndios não é exclusivo de Portugal e as autoridades australianas divulgaram a recriação de uma situação real para alertar a população para os perigos dos fogos florestais.

A 7 de Fevereiro de 2009, tiveram início fogos de grandes dimensões varreram que várias comunidades do estado de Victoria, na Austrália. Num só dia morreram 173 pessoas. Esse dia ficou conhecido como “Sábado negro”. 

A simulação agora divulgada no Facebook das autoridades oficiais de emergência de Victoria, VicEmergency, pretendem encorajar os residentes do estado a se prepararem para o perigo extremo dos fogos. A zona sudeste da Austrália prepara-se para um fim-de-semana de temperaturas muito altas, a rondar os 45 graus, aumentando o risco de incêndios.

Com um fogo de grandes dimensões à porta de casa, o vídeo coloca três cenários possíveis ao proprietário da mesma: procurar abrigo, defender a habitação ou fugir. Em todas as situações é possível experimentar - em 360 graus - com muito realismo, a proximidade das chamas e a evolução das mesmas. A falta de visão e até a respiração da personagem, nos transmite os efeitos do fumo.

 

Para as autoridades não há dúvidas: o mais importante é evitar situações de perigo e sair das áreas antes dos fogos começarem. Tomar decisões demasiado tarde é, quase sempre, fatal. Na verdade, a simulação termina que “a maioria das mortes devido a incêndios acontecem perto de casa”.

As autoridades recomendam, ainda, que crianças e adultos que já tenham experienciado uma situação idêntica não vejam o vídeo.