O vídeo acima pode ter apenas 49 segundos, mas demorou cerca de quatro anos a ser construído.

As imagens, captadas pelo telescópio Hubble, entre 2002 e 2006, mostram a explosão inesperada da estrela «V838 Monocerotis», que fica a 20 mil anos-luz do nosso planeta.

De acordo com o «Huffington Post», os cientistas ainda não entendem o porquê da explosão, pois, inicialmente, tudo apontava para que se tratasse de uma «nova», uma explosão bastante comum, mas agora a teoria aponta numa outra direção.

Como se lê no site do «Hubble»: «Uma "nova" ocorre quando uma estrela normal "lança" hidrogénio sobre uma estrela branca-anã. O hidrogénio acumulado acaba por explodir devido à fusão nuclear, como uma bomba de hidrogénio, deixando à vista o núcleo da estrela, que atinge centenas de milhares de graus».

«A «V838 Monocerotis», por sua vez, aumentou imenso o seu tamanho, mas não perdeu as suas camadas exteriores e o seu núcleo baixou até temperaturas "de uma lâmapada". Este comportamento é bastante incomum e completamente diferente de uma "nova"»,pode ler-se no site.

Ainda que o vídeo já esteja disponível há uns anos, só agora se tornou viral e já alcançou quase 900 mil visualizações.