Um asteróide foi captado entre agosto e setembro pelo telescópio espacial Hubble e espantou os astrónomos norte-americanos, por ter a aparência de um cometa com seis caudas e a girar sobre si próprio, foi hoje anunciado.

«Ficámos literalmente estupefactos com o que vimos», afirmou David Jewitt, astrónomo da Universidade da Califórnia (Los Angeles) que descobriu o asteróide, a partir de observações feitas em setembro.

A equipa de astrónomos descreveu o asteróide com a forma de um regador automático de relva, que projetava poeiras através de seis caudas, como um cometa, e que mudava várias vezes de forma.

A descoberta foi descrita num estudo publicado hoje na revista científica norte-americana Astrophysical Journal Letters.