Investigadores do Massachusetts Institue for Technology (MIT), em Boston, dizem ter criado o material mais à prova de água do mundo. A esta nova superfície, inspirada por folhas e asas de borboletas, deram o nome de «super-hidrofóbica». O trabalho foi divulgado pela revista científica «Nature».

A descoberta poderá ser usada nas mais diversas áreas como a criação de roupa impermeável, como em motores de aviões para que não congelem com baixas temperaturas. Até agora, a folha de lótus era a melhor superfície à prova de água conhecida e onde quase todos se inspiravam.

Um dos responsáveis pela investigação, o professorK ripa Varanasi, escreveu o trabalho divulgado na «Nature» que «acreditam estar perante as superfícies mais super-hidrofóbicas alguma vez criadas. Há anos que a industria tenta imitar a folha de lótus. Mas, afinal, deviam ter tentado imitar as borboletas ou as folhas cinco-chagas».

O segredo? Quanto mais rápido a água ressalta de um material (bate e volta para trás), mais seco este fica.

O próprio MIT divulgou um vídeo sobre esta descoberta.



Veja o vídeo divulgado pela «Nature»